||||||

 

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008
Análise ao Magalhães (parte 2)

Parte 1 | Parte 2 | Parte 3

 

A versão portuguesa do Classmate PC é a primeira a trazer dois sistemas operativos em "dual boot": o Windows XP Home e o Linux Caixa Mágica 12 Mag (edição especial para o Magalhães). Por pré-definição o arranque é feito com o Windows, mas essa opção é facilmente modificável.

 

Software

 

A versão analisada do Magalhães ainda não possuía a imagem final, por isso novas versões de programas ou melhoramentos poderão estar disponíveis aquando da disponibilização dos computadores às crianças. Além disso alguns programas no Windows ainda não se encontravam activados. A Microsoft afirmou que na versão final todos os seus programas já virão devidamente activados e funcionais.


Windows XP
Quando o Windows XP arranca, por pré-definição é aberta a aplicação Magic Desktop. Esta aplicação, pensada para as crianças mais pequenas, caracteriza-se por um conjunto de ícones de tamanho considerável que dão acesso a versões simplificadas de programas de escrita (Easy Write), de desenho (Easy Paint), de acesso à internet, de correio electrónico (Easy Mail), para a webcam (FunCam) e jogos (Detective Bob, Puzzle King, Easy Learning, Find a Match, Talking Parrot e Gamepad). Até há um pequeno programa (My First Music) que permite tocar música através de um piano virtual. Também é possível aceder a alguns programas "normais" do Windows e, se quisermos, temos o Windows XP tradicional à distância de dois cliques. Aqui a oferta de software pré-instalado é impressionante.


Como ferramentas de produtividade temos o Word 2007, Powerpoint 2007 e Excel 2007. O Antivírus escolhido é o Avast (não se encontrava presente nesta imagem, mas a indicação que tive é que estará disponível na versão final). O leitor de ficheiros .pdf é o Adobe Reader 9.
Como seria de esperar o multimédia está a cargo do Windows Media Player 10 e até já se encontra configurado o QuickTime Player para os ficheiros .mov. O Silverlight da Microsoft também já marca presença e há que referir a instalação de duas boas ferramentas da Microsoft que normalmente têm de ser instaladas à parte: o PhotoStory 3 e o pacote Windows Live. Nota-se a falta de um verdadeiro programa de edição de imagem como o Paint .Net.


Como ferramentas administrativas temos o Parents Carefree que traz algumas das funcionalidades de controlo parental do Windows Vista ao Magalhães, o e-learning Class da Mythware que permite ao professor controlar todos os Magalhães da sala de aula e ao aluno interagir com o professor de uma forma muito intuitiva e o EasyBits for Kids que protege o ambiente de trabalho do Windows.


Na área da referência os alunos e pais irão encontrar uma versão da Diciopédia X que corre integralmente a partir do disco rígido. Também está previsto o acesso à enciclopédia Encarta, mas não o encontrei neste computador.
Relativamente aos jogos e actividades educativas, no Magalhães a oferta é abrangente. Para a Língua Portuguesa há o A Cidade do faz de Caso da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC), para a iniciação ao Inglês há duas soluções o programa English is fun (DGIDC) e o acesso gratuito ao curso on-line Mingoville. Para a área da Matemática existe o ClicMat (DGIDC). Para o Estudo do Meio está instalado o À Descoberta do ambiente (DGIDC).


Além dos jogos tradicionais do Windows, há uma série de jogos infantis instalados como o Childsplay (ainda não totalmente traduzido para língua portuguesa), o Gcompris e o Microsoft Learning Essentials com um formato específico para o 1º Ciclo.
É claro que o TuxPaint também não poderia faltar.
No geral a oferta de software incluído no Magalhães (Windows) é bastante diversa e de qualidade aceitável. Alguns programas deveriam estar melhor traduzidos e outros ainda apresentam alguns "bugs" que deverão estar resolvidos em próximas edições.


Linux Caixa Mágica 12 Mag
A versão do Caixa Mágica presente no Magalhães é uma adaptação do Caixa Mágica 12. As mudanças aparentemente são cosméticas. É dada uma preferência aos programas e jogos educativos no software disponibilizado mas nota-se que o pessoal da Caixa Mágica teve pouco tempo para preparar este sistema operativo.
O ambiente gráfico escolhido foi o KDE, talvez pelas suas semelhanças com o Windows, e por isso encontramos inúmeras aplicações da "família K". Contudo, comparada com a maturidade do Windows XP, ainda se nota a falta de algumas aplicações de gestão e administração para os computadores. Além disso, algumas aplicações estão dependentes da introdução da palavra-passe de administrador para poderem funcionar, o que acarreta um certo risco de segurança.
Quando o utilizador inicia sessão é-lhe apresentado, no ambiente de trabalho, quatro conjuntos de ícones com funções diferentes. Para a função "Sala de aula" temos os principais programas do pacote Open Office: Write, Calc e Impress. Na função "Lá fora" encontramos o Firefox para a navegação na Internet, o Thunderbird para o Correio Electrónico e o aMSN para as mensagens intantêneas. Na função "Mochila" vê-se o Sunbird para a agenda, o Kaffeine como leitor de multimédia e o Thunderbird para a gestão de contactos. Para a função "Intervalo" está disponível o Tuxpaint, o SuperTux e o Gcompris.
A barra inferior contém um campo de pesquisa que está configurado para usar a “Wikipédia do Sapo” (Sapo Saber).
Existem dezenas de jogos disponíveis e muitas mais aplicações educativas. Contudo não é compreensível a existência de aplicações que muito pouco ou nada dirão às crianças do 1º ciclo como a Calculadora Científica ou o Desenho de Funções Matemáticas.
Tal como em qualquer versão Linux é possível adicionar novos programas e repositórios ao Caixa Mágica 12 Mag. Esses programas serão lançados futuramente pela equipa do Caixa Mágica.
De uma forma global, nota-se que esta versão ainda está muito "verde" e que não será a mais fácil de utilizar por utilizadores pouco experientes ou pouco habituados ao mundo Unix.
 

Continua...

 

Parte 1 | Parte 2 | Parte 3



publicado por mrconguito às 10:18
link do post | mandar bitaites | favorito

3 comentários:
De Vira Vento a 22 de Setembro de 2008 às 20:33
Queria tanto um :(

E esse Mestrado?


De mrconguito a 22 de Setembro de 2008 às 23:20
eu estou a contar os dias que faltam para o meu chegar...
em relação à tua pergunta posso-te dizer que hoje consegui arranjar uns minutos e escrevi 200 palavras!!! Yupiii!
Já não teclava para o mestrado há uns 15 dias!


De paulo galvao a 14 de Novembro de 2010 às 17:02
"algumas aplicações estão dependentes da introdução da palavra-passe de administrador para poderem funcionar, o que acarreta um certo risco de segurança" essa afirmar está incorrecta pois é exactamente ao contrário. por precisar de password para instalar é que é seguro, em linux sempre foi assim, e na microsoft passou a ser apenas no vista e isso vê-se especialmente no ruinwin7, que mesmo sendo admin é necessário introduzir a password.
também não sei porque acham mais difícil é ir à gestão de software para instalar um ou muitos programas ao mesmo tempo (linux) que se actualizam automaticamente ou para no caso do windows que se tem de ir ao site da net e instalar cada programa, um a um, e ainda ter que se ir buscar as actualizações.
concordo que é mais difícil instalar quando não existe em pacote, mas não impossível...


mandar bitaites

.em destaque:

Transformações

 

Pocoyo

 

iPhone, um mês depois...

 


.pesquisar neste blogue
 
.Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Perfil
.Acompanha o Sítio do Conguito por e-mail

Coloca o teu endereço:

Enviado por FeedBurner

.Acompanha o Sítio do Conguito pelos Feeds
artigos
comentários
blogs SAPO

.subscrever feeds
.ligações
.fotos
www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Mr Conguito. Faça o seu próprio módulo aqui.

Creative Commons License Este blogue e todo o seu conteúdo está licenciado pela licença "Creative Commons 2.5".