Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

28 Abr, 2008

8 anos depois

Este fim de semana fui a Chaves.


Foi uma oportunidade para rever amigos, colegas, professores e funcionários dos melhores tempos da nossa vida: a boémia universitária!

Soube tão bem passear pelas ruas e descobrir que continua quase tudo na mesma. Quase todas as lojas continuam lá, a maioria dos rostos ainda estão atrás das mesmas montras. Os antigos funcionários ainda estão na UTAD. Alguns dos professores já se foram embora, mas outros continuam  pelos corredores.

Mas o melhor de tudo foi ver as caras e relembrar as memórias que 8 anos não apagaram. Há muito tempo que eu não passava uma noite (literalmente) sem dar pelas horas com um sorriso de orelha a orelha.

Conclusões: estou a ficar "velho" (era o veterano do grupo). A maioria já casou ou caminha para lá. As verdadeiras amizades podem enferrujar mas não quebram!


25 Abr, 2008

e-criar

A etic_, em conjunto com o Ministério da Educação, a PT e os restantes patrocinadores do projecto "A Aventura do Conhecimento" criaram uma página onde podemos encontrar muita informação acerca da criação de blogues, podcasts e páginas da Internet.


O e-criar está baseado nos serviços oferecidos pelo SAPO e foi escrito a pensar nos mais novos, contudo pode ser perfeitamente usado pelos professores ou encarregados de educação.
A página está dividida em pequenos módulos que cobrem uma série de temas que vão desde o planeamento até à publicação do produto final.

É um óptimo recurso para ser usado nas aulas de Estudo Acompanhado ou até em Área Projecto quando os alunos ainda estão "completamente às aranhas" neste fantástico mundo que é a Internet.

_______
sítio: http://e-criar.sapo.pt

Quem esteve atento nos últimos dias às notícias internacionais deve conhecer o incidente com o UAV (avião não-tripulado) georgiano.
Basicamente, o governo georgiano acusou os separatistas da Abkásia e a força aérea russa de ter abatido o seu UAV quando ele efectuava missões de reconhecimento sob o território georgiano.

Os russo negaram de imediato, tal como se esperava.

Contudo, a "jogada de génio" chegou passado pouco tempo com a publicação na internet, por parte do Ministério do Interior georgiano das "últimas imagens" captadas pelo avião abatido. Nelas é possível ver perfeitamente um MiG (que se supõe russo, pois os separatistas não têm força aérea) a disparar um míssil Ar-Ar em direcção à aeronave georgiana.



Quem certamente ficou sem palavras foi a força aérea russa que terá de explicar o que faria em território georgiano...

Também estou a tentar imaginar a trabalheira que os russos terão em "apagar" este "testemunho" da internet.

Pág. 1/4