Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Há uns tempos falei de um fenomenal editor de texto para Windows, o Notepad++. Quando mudei para o mundo Mac, passou pouco tempo até sentir a falta de um programa gratuito, verdadeiramente poderoso e fácil de usar.

 

Após umas buscas na Internet, em particular na Wikipédia (sim a Wikipédia é óptima para encontrar software livre), encontrei o Smultron.

 

O Smultron é um editor de texto gratuito, de código aberto, e que foi pensado para ajudar os que se estão a iniciar na edição e programação e também aqueles que já estão habituados a trabalhar com ferramentas mais poderosas.

 

Com suporte para dezenas de linguagens (desde o html até ao php, passando pelo css) e codificações o Smultron é gratuito mas aceita uma gratificação para ajudar ao desenvolvimento do programa.

------

Sítio oficial: http://smultron.sourceforge.net/

Download: Mac OS 10.5 Leopard

Imagens: http://smultron.sourceforge.net/screenshots.html

Fórum: http://sourceforge.net/forum/forum.php?forum_id=379995

21 Jul, 2008

Chegou!

Apesar dos problemas com a entrega (maldito Apoio ao Cliente), lá consegui um negócio interessante:

Mantendo o meu tarifário, consegui um iPhone 3G de 16 Gb (branco) por 395€!

 

 

A solução foi o sistema de pontos... Além disso o iPhone está disponível na promoção dos telemóveis por 1 Euro...

 

Depois digo como corre e qual o veredito...

Estudos que acabei de inventar apontam para que de futuro as expressões de cariz sexual masculinas venham a ser algo como,
 
"Deixa-me ir-te ao msn",
 
"Comia-te o ai-faive",
 
"És boa comó Mac",
 
"Já molhava o pixel",
 
"Deixa-me descobrir a tua tecla G",
 
"Deixas-me o disco rígido",
 
"Segura-me aqui na memória RAM para a veres expandir",
 
"É seguro, tenho o antivírus actualizado",

 
 
As mulheres passarão a escolher os seus parceiros por e-male.

 

Roubado do Arcebispo de Cantuária

18 Jul, 2008

Prince of Persia 4D

Um dos primeiros jogos de computador que pude experimentar na escola foi o Prince of Persia. Naquela altura (inícios da década de 90) ainda se jogava a preto e branco ou mesmo a verde e branco.

 

Era um jogo difícil pois além de nos dar um tempo limite para acabar ou morrer, tinha imensos puzzles e armadilhas.

 

 

Em homenagem a este espectacular jogo surgiu o 4D Prince of Persia. Em tudo semelhante ao original, mas com um grau de dificuldade ainda maior. O jogo corre através do MS-DOS, por isso preparem a janela da linha de comandos se quiserem experimentar.

 

É gratuito e podem descarregá-lo, aqui. Para mais informações consultem o seu sítio "oficial".

 

_____

Fonte: DOS Games Museum

 

A Arca Comum, um espaço de partilha entre docentes (principalmente educadores e professores do primeiro ciclo) tem reflectido acerca de um problema que ano após ano se repete: a discriminação no Calendário Escolar que os profissionais da Educação de Infância sofrem.

 

 

Foi aí que surgiu a ideia de criarem uma petição que tem por objectivo alertar a sociedade e os colegas de outrs níveis de ensino sobre a injustiça que é esta descriminação.

O texto, (longo) está muito bem organizado e merece a nossa vista em www.petitiononline.com/2008arca/petition.html.

Se acham que têm algo a dizer, assinem!

15 Jul, 2008

Casa das Linguagens

Praticamente todos os agrupamentos ou escolas têm um jornal, uma revista ou um boletim. O meu também tem um.

Mas é difícil, mesmo muito difícil, encontrar um tão bom como a revista do Agrupamento Vertical de Escolas de Vila Cova (Barcelos).

 

 

Com uma edição anual, este períódico de uma qualidade muito superior à média, a "Casa das Linguagens" apresenta trabalhos dos alunos do agrupamento, um pequeno anuário e aposta principalmente na palavra e na imagem.

Todos os textos são criados pela comunidade educativa e todas as imagens pertencem ao arquivo da escola.

 

O Paulo, o responsável por este brilhante projecto, desta vez decidiu inovar ainda mais e, usando o issuu, publicou uma cópia digital da revista.

Para ver é só clicar na imagem, ou então contactar o Agrupamento de Vila Cova, mas eu desconfio que eles já não devem ter muitas revistas para vender...

 

Ora aqui está um excelente exemplo de como uma escola pode estar à frente nas novas tecnologias, sem esquecer as tradicionais.