Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Numa pequena vila em que nada de especial acontece, a crise sente-se. Toda a gente deve a toda a gente, carregada de dívidas.

Subitamente, um rico turista entra no pequeno hotel local. Pede um quarto e coloca uma nota de 100 € sobre o balcão, pede uma chave de quarto e sobe ao 3º andar para inspeccionar o quarto que lhe indicaram, na condição de desistir se lhe não agradar.

O dono do hotel pega na nota de 100€ e corre ao fornecedor de carne a quem deve 100€.

O talhante pega no dinheiro e corre ao fornecedor de leitões a pagar 100€ que devia há algum tempo.

Este por sua vez corre ao criador de gado que lhe vendera a carne que por sua vez corre a entregar os 100€ a uma prostituta que lhe cedera serviços a crédito.

Esta recebe os 100€ e corre ao hotel a quem devia 100€ pela utilização casual de quartos à hora para atender clientes.

Neste momento o turista desce à recepção e informa o dono do hotel que o quarto proposto não lhe agrada, pretende desistir e pede a devolução dos
100€. Recebe o dinheiro e sai.


Não houve neste movimento de dinheiro qualquer lucro ou valor acrescido.
Contudo, todos liquidaram as suas dívidas e agora a população desta vila já
encara o futuro com optimismo.

 

[Recebido por e-mail. Obrigado, Lena]

Professor, professor! O meu Caixa Mágica não funciona!

Esta é uma das expressões que mais tenho ouvido nos últimos dias.

 


Este problema deve-se ao facto de muitas vezes os utilizadores não esperarem que o processo de encerramento do Linux Caixa Mágica ocorra.

Assim certas pastas ficam com as permissões mal configuradas e muitos ficheiros temporários ficam por apagar. Um dos “sintomas” referidos é o facto de o arranque do Linux demorar imenso e por vezes até congelar. Alguns alunos carregam na tecla “Esc” para ver o modo de linha de comandos e são deparados com a seguinte mensagem:

 

/dev/hda7: UNEXPECTED INCONSISTENCY; RUN fsck MANNUALLY.
(i.e., without -a oir -p options)         [FALHADO]”.

 

Para resolver essa situação basta escrever a palavra-passe de root ou acesso administrativo (“pte2010”, “magalhaes” ou “12pte34”, dependo da versão da imagem instalada no computador) no Magalhães. Não se admirem se não aparecer nenhum caractere enquantro escrevem, é normal.

De seguida, introduzam o comando de reparação da partição: “fsck” e pressionem Enter.

Depois basta clicar as vezes que forem necessárias em “y” para autorizar as alterações na partição.

Quando não aparecerem mais pedidos de confirmação (este processo varia de computador para computador) é só teclar “CTRL + D” para reiniciar o sistema e já está.

 

Não se esqueçam de manter os computadores em condições pois durante as férias os professores não vão estar disponíveis para arranjar os computadores ao mínimo problema...

A  "Merck Sharp & Dohme" tem traduzidas em 18 línguas diferentes a sua obra "Saúde para a Família".

É uma excelente referencia para se ter sempre à mão (isto é, nos favoritos).  Agora, já está acessível em português (de Portugal) e gratuitamente no seguinte endereço:
http://www.manualmerck.net

O manual demorou 5 anos a ser escrito e contou com o concurso de 200 especialistas.

Um excelente recurso para a família e para os alunos, nem que seja pela informação e pelas imagens.

 

[dica recebida por mail. Obrigado Lena]

O MiLP é um projecto idealizado e coordenado pelo meu grande amigo Luís e com o qual tenho vindo a colaborar.

O MiLP procura ser uma ferramenta de partilha de experiências e recursos para a Língua Portuguesa. Com uma abrangência para todos os ciclos de ensino (desde o pré-escolar até ao secundário, passando pelos EFA, CEFA e pelo ensino do português com segunda língua) e para as mais variadas competências, este projecto pretende peencher um espaço que achamos que existe na forma de trabalhar a língua portuguesa nas nossas escolas.

 

Através do trabalho de uma fenomenal equipa de profissionais do ensino (Adelina Moura, Ádila Faria, Aires Vaz, Carmen Rojas, Luís Pereira, Paulo Faria, Pedro Dias, Teresa Pombo) podem encontrar dicas, experiências e formas de explorar as novas tecnologias e as ferramentas e Web 2.0 na sala de aulas.

 

Todos os recursos podem ser avaliados e comentados e até existe uma área (em desenvolvimento) onde podem encontrar um pequeno glossário sobre todas as tecnologias referidas.

 

Para experimentar, dêm um salto a www.mi-lp.net.

Já agora, usem o Firefox ou o Safari porque o IE ainda se mostra esquisito no nosso projecto...