Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Pode parecer trivial, mas o caminho que é necessário percorrer para criar algo tão corriqueiro como uma pen drive não é assim tão fácil nem rápido.

Sabiam que os chips "nascem" em "bolachas"? E que é preciso mais de um mês só para fazer um chip?

 

 

Todo o processo de criação de chips de memória e pens USB é descrito neste vídeo da Lexar, uma empresa americana no ramo dos chips de memória.

É interessante ver que apesar de todos os automatismos (a fábrica americana parece vinda do planta Kamino) ainda há pessoas a fazer verificações manuais e a controlar aquelas máquinas que trabalham em sincronismo. Também é de referir que a produção destes pequenos objectos passa por dois continentes antes de chegar ao destinatário, em qualquer parte do mundo.

 

um verdadeiro exemplo da globalização...