Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Tal como no ano passado, chegou a altura de fazer um pequeno resumo de 2009, o último ano da década.

 

Começou de forma atribulada, tal como tinha previsto no final de 2008. A minha vida pessoal deu uma volta bem grande.

Foi uma verdadeira montanha russa, com reviravoltas e muita agitação, mas felizmente não voltei ao mesmo sítio. Houve períodos menos bons, mas que foram largamente compensado pelo estado em que me encontro actualmente: felicidade extrema!

 

Comprei casa e saí de baixo das asas dos papás.

Um passo de gente grande diriam muitos, um passo necessário diria eu. Esta vida parece assentar-me na perfeição: com a independência e as responsabilidades de gente grande lá fui enchendo o meu T2 com os móveis, as tralhas, os amigos e os sonhos de uma vida inteira.

 

Finalmente tive um gato!

Escurinho, malandro, brincalhão e sempre pronto para comer: um espelho do dono. Chegou a casa, num caixote de papelão, adoptado da rua, com pouco mais de um mês e cerca de meio quilo. Agora, pesando 10 vezes mais e com uma pança proporcional à minha já é o verdadeiro dono da casa.

 

Conheci-A.

E só pude pensar: "mas que raio! onde é que ela esteve a minha vida toda?"

 

Este ano foi também uma oportunidade para participar no BikeTour.

Foi uma pena tê-lo feito sozinho no meio da multidão, mas quem merecia (sim, ELA)  esteve sempre ao meu lado.  Certamente quebrei uma série de regras ao fotografar, twittar e telefonar em plena prova, mas fui compensado com um valente escaldão nos braços e nas pernas. É que O Senhor, lá no alto, não deixa escapar nada...

 

O Verão foi um dos melhores de sempre, senão o melhor!

Nem mesmo o facto de ter partido o iPhone numa sessão de BTT por Ponte da Barca me desanimou. A companhia tudo compensou. O Minho é lindo e, quando estamos apaixonados, ganha cores impossíveis de se ver em dias comuns e não há chatice que nos deite abaixo.

 

O Outono, por sua vez, lado começou triste. Um antigo aluno, deixou-nos da maneira mais dura e incompreensível que se pode imaginar. Ainda hoje a dor vai marcando um pouco os passos na sala de catequese. Restam as boas memórias das suas piadas.

 

Profissionalmente, este também foi um ano agitado.

Tal como era esperado, as eleições tiveram um papel importante nas mudanças educativas (que para já, parecem cosméticas). Participei em manifestações na escola, em Braga e até na Manif de Lisboa. Saí de todas elas com o sentimento de dever cumprido. Ainda não conseguimos tudo aquilo a que nos propusemos alcançar, mas, aos poucos, devemos chegar lá perto.

O ambiente na escola ficou muito "complicado", a mudança da direcção também não ajudou muito, mas estamos numa altura de limpar as feridas e seguir em frente. Melhores dias viriam...

 

...e não demoraram muito a chegar.

Fiquei colocado na mesma escola onde tenho trabalhado estes últimos anos, desta vez com turma e sem as coordenações e equipas. 100% de atenção aos meus "cogumelos".

Um projecto de 4 anos pela frente com uma turma para acompanhar do 1º ao 4º ano, pela primeira vez!!!

 

Foi também o ano da confirmação de muitas amizades, celebradas diariamente ao almoço no seio do mais divertido "gangue professoral".

 

Este ano também foi a altura de expor algum do meu trabalho nos podcasts.

Participei no Encontro de Podcasts da Universidade do Minho e aprendi muito com outras experiências na área da educação. E ainda ganhei uma caneta bem jeitosa!

 

E para 2010, o que me espera?

Gosto de não saber, contudo espero conseguir acabar os projectos que se arrastam à tanto tempo (mestrado, sim ainda o mestrado), fotografar muito, viajar por esse mundo fora e continuar a ser feliz. Acho que não é pedir muito...

 

Ah, e voltar mais vezes aqui ao estaminé!

Um feliz 2010!!

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.