Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Finalmente meti os olhos na primeira parte da Grindhouse de Tarantino e Rodrigues. E como valeu a pena!



Nestes momentos, verdadeiramente tarantinos, conseguimos saborear os diálogos, deliciar-nos com os planos e até identificamo-nos com algumas personagens.

A fotografia está divinal. Com o piscar de olhos ao cinema americano dos anos 70 e 80, no verdadeiro estilo das "salas ranhosas" de cinema e exagerando na saturação das cores Tarantino (que assinou a fotografia) mostra-nos um filme pouco convencional e muito diferente do que podemos encontrar hoje em dia onde o CGI (Gráficos Computorizados) e as imagens de alta definição abundam.

Como sempre, este realizador pôs um cuidado muito especial na selecção da banda sonora que acompanha sempre da melhor forma os momentos da(s) história(s). Até mesmo a música dos créditos finais está em sintonia com os mesmos. Vejam até ao fim.

A minha edição: a de 2 disco, editada pela FNAC; está completamente artilhada com extras bastantes interessantes. E além disso até trazia um pequenos bónus lá dentro: um cupão dedesconto de 2,5€ na compra de Planta Terror, a segunda parte da Grindhouse. Boa ideia FNAC/Prisvídeo!

Gostei imenso do trailer longo ao "Planeta Terror" que antecede o menu principal do DVD.