Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Adoro quando um filme, sem darmos por isso, nos leva ao colo e nos faz sentir algo que não esperávamos sentir ou que tínhamos a certeza que estava bem gaurdado.


Little Miss Sunshine (Uma família à beira de um ataque de nervos, na versão portuguesa) é um desses filmes.

Pegando numa aparentemente típica família americana, leva-nos através da descoberta daquilo que mais nos identifica como família, como seres humanos.

Não sei se esta história é uma comédia, se é um drama, se a sua criação foi casual ou intencional. Apenas consigo ficar tocado pela história e pela personagens que me acompanharam ao longo de 98 minutos. O sorriso da Olive vai-me aquecer o coração durante dias, e isso é impagável.

Resta dizer que a edição em DVD não é má. Traz comentários áudio dos realizadores ao filme e aos finais alternativos que também podemos encontrar. Foi uma boa descoberta na FNAC.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.