Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Tal como já havia escrito por aqui, na sexta-feira estive em Braga a participar no Encontro sobre Web 2.0 no Ensino promovido pela Universidade do Minho.   Foi um dia bem passado na companhia de amigos e colegas que já não via há alguns tempos e onde aprendi e descobri novas ferramentas para usar na escola e não só.   O Encontro contou com uma série de conferências e acima de tudo com workshops práticas para uma mão cheia de aplicações da Web 2.0. A mim coube-me participar (...)
Por isso, se vir alguém na rua: - com ar sisudo, a olhar para o chão a pensar no que há-de fazer ao longo da próxima semana; - a olhar para um mapa à procura de casa para ficar nos próximos meses porque a profissão a isso o obriga; - a olhar para o céu a tentar imaginar como transformar o dia num conjunto de 35 horas; - a olhar para a agenda a tentar perceber como irá acompanhar os seus filhos na escola quando ele está sempre fechado na sua; - a ler um livro acerca das (...)
01 Set, 2008

Pergunta retórica

O  Ministério da Educação afirmou que já tem os professores necessários para este ano lectivo. Então, porque é que, só no 1º ciclo do meu agrupamento, ainda faltam colocar 4 professores? São pelo menos 4 turmas sem professor. E parece-me que tal não  é exclusivo daqui.   Pelo menos, hoje trago uma boa notícia: todos os professores do QZP de Braga estão colocados, já de seguida virão os contratados!
Final de Agosto, colocações de professores. É o fado de uma classe.   Mas o que eu achei interessante desta vez foi que o fantástico "trio maravilha" anunciou à comunicação social que  125 mil professores já estão colocados. "As escolas estão prontas para funcionar". E digo que anunciou à comunicação social pois apenas publicou as listas várias horas depois do anúncio. Os professores ainda tiveram que "sofrer" um bocadinho. É para saberem (...)
Ao fim de semanas de trabalho, chegou a hora! O Centro de Recursos para o 1º Ciclo está como novo e com deveria ser desde o início: uma comunidade interactiva de partilha.     Agora, não só os ficheiros, mas também os conhecimentos, as experiências, os sítios, os livros, tudo é partilhável! Além disso agora podemos ficar a conhecer-nos melhor através da partilha de um perfil e das ligações entre os utilizadores. Alunos, pais, professores e educadores, todos estão (...)
 Chegou às escolas mais um "páuarepointe" com as indicações de como deve decorrer o regime simplificado de avaliação dos docentes. Ao que parece a autoria é do Conselho das Escolas.      Será que estão a gozar connosco? Se esta é a simplificada o que será a "normal"?
15 Abr, 2008

o dia D

Hoje é um dia importante. Apesar da vitória da sexta-feira passada não devemos adormecer à sombra da bananeira, pensar que a batalha está ganha ou mesmo que tudo será diferente. Temos de permanecer unidos e informados. O "entendimento" entre a Plataforma Sindical e o Ministério da Educação não passa disso mesmo: um entendimento. Na verdade é apenas um "adiar" da resolução do problema. O modelo de avaliação imposto pelo Ministério não foi (...)
Hoje arrepiei-me. Não esperava encontrar tanta gente, de todas as idades, de todas as áreas; unidos por uma ideia. Já basta! Queremos ser respeitados, queremos ser avaliados, mas com justiça.   Em Braga, a noite fria não demoveu os milhares (cerca de 3500, pelas contas da Lusa) de professores que acenderam uma vela e caminharam pelas ruas até ao largo da Câmara Municipal. Se (...)
Este post já estava nos rascunhos há uns dias. Acho que chegou a hora de destilar... O novo modelo de avaliação que o Ministério da Educação IMPÔS é despropositado, injusto e incoerente ! É despropositado porque a avaliação dos docentes sempre existiu. Aquilo a que o Ministério chama de uma farsa na avaliação dos professores é da sua própria responsabilidade. Passo a explicar: "antigamente" todos os professores dos quadros do Estado (Quadro de Zona Pedagógica (...)