Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o sítio do conguito

deambulações pela net, palavras, imagens, sons, coisas estranhas... enfim, eu.

Há uns tempos atrás, quando "Facebook" era um absoluto sinónimo de "FarmVille"e afins este era bloqueado na rede de internet do Ministério da Educação. Tal como certas palavras-chaves como "jogos" e outras bem mais "matreiras" era impossível aceder ao Facebook, excepto se usássemos uns "meios alternativos". Finalmente esses tempos passaram e agora (apesar de o Facebook continuar a ser um fantástico passatempo para muita gente) é possível aceder quer nas escolas quer em casa à (...)
06 Out, 2010

o primeiro rei

É certo que adoro história, em particular a primeira dinastia portuguesa. Aquilo é só guerras, conquistas e porrada (coisas de HOMENS!!!), mas também há intrigas e histórias de amor (para agradar ao público feminino). Mas acima de tudo fico com a ideia que os governantes até se preocupavam com o país... Dito isto queria partilhar convosco uma deliciosa descoberta da Luciana: "O Primeiro Rei" é uma fantástica (...)
28 Set, 2010

ciberescola

O projecto Ciberdúvidas da Língua Portuguesa evoluiu e agora disponibiliza exercícios para treinar a gramática, a escrita e o vocabulário. No novo sítio podemos encontrar actualmente mais de duas centenas de exercícios para os mais variados anos de escolaridade (para já do 5º ao 12º ano, passando pelo Português como Língua não-materna), contudo a promessa é que até ao final do ano existirão cerca de 1400 exercícios disponíveis.   O acesso é livre e gratuito, bastando (...)
16 Set, 2010

vergonha alheia

já alguma vez tiveram aquela sensação em que nos envergonhamos com algo que alguém está a fazer? dá vontade de fugir! O seguinte vídeo, é um exemplo disso! Internet, isto NÃO É um exemplo de um professor!!! Não é assim que se fala a um adulto, nem a um adolescente e muito menos a crianças! As únicas pessoas que eu vejo a falar assim para as crianças são mesmo os políticos! (lembram-se da "outra" que perguntou a uma criança do jardim-de-infância as letras e se (...)
Já há uns tempos que escrevi aqui sobre a experiência do "buraco na parede" e de como as crianças aprendem sem nós percebermos. Ora, Sugata Nitra voltou à conferências TED para explicar como o projecto evoluiu e como as crianças podem aprender entre elas. Aqui está uma excelente forma de vermos como os computadores e o trabalho em grupo podem funcionar nas nossas escolas. Deliciem-se!